Curso de Gestores Municipais de Energia

Ao nível da administração local, as principais barreiras no domínio da eficiência energética estão relacionadas com:

A falta de informação e conhecimento sobre a utilização racional de energia elétrica e a adoção de hábitos e boas práticas associadas;

O processo interno de decisão em matéria de utilização racional de energia elétrica, pela inexistência de recursos humanos qualificados para o efeito.

Por esse motivo, justifica-se a adoção de medidas para promover a melhoria da eficiência no consumo de energia elétrica em equipamentos e serviços sob a gestão da administração local autárquica, através da formação e capacitação de gestores municipais de energia.

Também o Programa de Eficiência Energética na Administração Pública (ECO.AP) e o PNAEE 2013-2016 (Plano Nacional de Ação para a Eficiência Energética/Estratégia para a Eficiência Energética - PNAEE 2016) têm como objetivos a melhoria da eficiência energética, nomeadamente a obtenção de 30% de poupança energética até 2020, nos serviços, organismos da administração pública e equipamentos públicos e o combate ao desperdício e à ineficiência dos usos de energia, promovendo a alteração de hábitos e comportamentos.

É neste âmbito que a ADENE, com o financiamento do Plano de Promoção da Eficiência no Consumo” (PPEC) da ERSE e no quadro da sua atividade no domínio do apoio às políticas públicas, promove uma medida de carácter intangível, na área da eficiência no consumo de energia elétrica nos serviços e equipamentos da administração local.

 

Objetivos

Esta medida tem como objetivo principal a realização de ações de formação para “Gestores Municipais de Energia” dos municípios de Portugal Continental, visando a aquisição e reforço de conhecimentos e competências de técnicos locais no uso eficiente da energia elétrica.

Tendo como parceira a RNAE – Associação das Agências de Energia e Ambiente (Rede Nacional), a medida compreende a conceção, desenvolvimento e implementação de um plano nacional de formação de “Gestores Municipais de Energia” (GME), o qual permitirá aos formandos:

a especialização no uso eficiente da energia elétrica, no sentido de identificar oportunidades de melhoria de eficiência e promover a alteração de hábitos e comportamentos.

o acompanhamento dos contratos de eficiência energética através da implementação de Planos de Verificação e Medição.

adquirir e/ou reforçar o grau de conhecimento em energias renováveis direcionada para a produção de eletricidade.

adotar estratégias de redução de consumos de energia elétrica, através de boas práticas adquiridas na formação de GME.

As ações de formação a realizar serão frequentadas por aproximadamente 600 técnicos, quer dos Municípios, como das Comunidades Intermunicipais, bem como representantes da ANMP – Associação Nacional de Municípios Portugueses e da ANAFRE – Associação Nacional de Freguesias.

Esta medida estende à administração local as iniciativas realizadas pela ADENE no quadro do Programa ECO-AP, sendo que a criação da figura de Gestor Municipal de Energia, e respetiva formação, dotará o setor de recursos humanos qualificados na área da eficiência energética, conduzindo a uma melhoria do funcionamento dos serviços e equipamentos municipais.

A AREAC administrou 4 ações (2 na CIM-REGIÃO DE COIMBRA e 2 na CIM-VISEU DÃO LAFOES

  geral@areac.pt           Tel/Fax: (+351) 239 542 939            Rua Dr. Rosa Falcão, n.º 133, 3220-216 MIRANDA DO CORVO                

Assine a nossa Newsletter

Nome:
Email: