segunda-feira, 27 março 2017 12:47

O desenvolvimento de projetos de energia sustentável

Cada vez mais se tem sentido um crescimento na produção e uso de energias renováveis em Portugal, aumentando as vantagens ambientais e diminuindo a necessidade de importar carvão e petróleo. Assim, o desenvolvimento de atividades de eletrificação em áreas rurais para um avanço sustentável, nestes locais, é essencial uma vez que as pessoas hoje em dia acabam por se mudar para os centros urbanos, em busca de melhores infraestruturas.

Nos passados dias 22 e 23 de março, Lisboa recebeu a segunda edição do ARE Energy Access Investment Forum, onde se discutiu as condições do mercado, as iniciativas políticas e as oportunidades de negócio para projetos de eletrificação rural.

O evento foi organizado pela Alliance Electrification, com o apoio da EDP (Energias de Portugal) e do programa África-EU e patrocinado pela Schneider Electric. A Sede da EDP e o Centro de Congressos em Lisboa ouviram a explicação de João Rodrigues, Country Manager da Schneider Eletric Portugal, onde diz que, nesta empresa multinacional de energia, assumem um compromisso de energia sustentável.

O objetivo deste fórum, para além do que foi referido no primeiro parágrafo, é a criação e conhecimento dos programas de Acesso à Energia, que promovem a sustentabilidade energética em aldeias e comunidades rurais, através de tecnologias eficientes e sustentáveis, proporcionando energia limpa e segura a residentes e clientes destes locais.

Ainda, em termos de sustentabilidade, Jorge Seguro Sanches, Secretário de Estado de Energia, anuncia o estudo de instalações de painéis fotovoltaicos em Mondego Sul, em Coimbra, para fazer o aproveitamento dos terrenos das antigas minas, durante a apresentação do projeto de recuperação para tal fim.

Carlos Afonso Sobral, responsável da Selectra Portugal, empresa comparadora de tarifas de telecomunicações e energia, comenta que: “Para conseguir um futuro livre de combustíveis fósseis é necessário muitos anos de estudos e projetos.”. Segundo dados, ainda refere que, entre 2013 e 2015 a potência eólica instalada cresceu mais de 20% na Europa e a potência solar fotovoltaica aumentou mais de 15%, no entanto, Espanha deixou-se ficar atrás, uma vez que no mesmo período apenas cresceu 0.07%, o equivalente a instalar sete aerogeradores.

Vista como um desafio inovador, a Power Link procura conseguir o aproveitamento dos recursos naturais de cada país. Esta ilha artificial vai albergar o maior parque eólico da Europa, que visa abastecer 80 milhões de consumidores europeus. A distribuição de energia será feita através da instalação de milhares de turbinas eólicas que vão funcionar como centro de propagação de energia. Prevê-se o funcionamento desta ilha para o ano de 2030. “Pode parecer uma loucura ou até ficção científica” comenta Torben Glar Nielsen, diretor técnico da Energinet.dk.

Este artigo foi escrito pela Selectra. Selectra é líder no aconselhamento de tarifas de gás natural, electricidade e telecomunicações em França e em Espanha e chega agora a Portugal com até 800 contratos por mês assinados pelas companhias colaboradoras. Criada em França no ano de 2007, expandida para a Espanha em 2013, a Selectra chega a Portugal estando presente em já 12 países no total. Atualmente tem ao seu dispor o website dirigido aos consumidores de energia e telecomunicações onde podem comparar as tarifas e ter toda a informação relacionada com estes mercados: lojaluz.com

  geral@areac.pt           Tel/Fax: (+351) 239 542 939            Rua Dr. Rosa Falcão, n.º 133, 3220-216 MIRANDA DO CORVO                

Assine a nossa Newsletter

Nome:
Email: