Decorreu na manhã do dia 26 de fevereiro, na IPSS - Centro Social Paroquial de Izeda, em Bragança, a 19ª sessão de formações no âmbito do PPEC Eficiência Energética Solidária, a cargo da AREAC. O objetivo destas ações é sensibilizar os funcionários e dirigentes das IPSS quanto às temáticas da energia e eficiência energética; entrega dos poster's de participação e prémio da 2ª fase - equipamento efergy para monotorização de energia elétrica. A partir de 1 de março de 2018, caberá às IPSS o desenvolvimento de um plano de racionalização de energia para as suas instituições, de forma a concorrerem ao prémio final de 5.000,00 Euros/cada atribuído às 3 melhores IPSS concorrentes.

Rumo a um futuro sustentável,

Decorreu na tarde do dia 22 de fevereiro, na IPSS - Fundação e Centro Social de Bem Estar de S. Pedro de Rates, em Rates, a 18ª sessão de formações no âmbito do PPEC Eficiência Energética Solidária, a cargo da AREAC. O objetivo destas ações é sensibilizar os funcionários e dirigentes das IPSS quanto às temáticas da energia e eficiência energética; entrega dos poster's de participação e prémio da 2ª fase - equipamento efergy para monotorização de energia elétrica. A partir de 1 de março de 2018, caberá às IPSS o desenvolvimento de um plano de racionalização de energia para as suas instituições, de forma a concorrerem ao prémio final de 5.000,00 Euros/cada atribuído às 3 melhores IPSS concorrentes.

Rumo a um futuro sustentável,

Decorreu na manhã do dia 22 de fevereiro, na IPSS - Centro Social e Paroquial de Vilarinho, em Santo Tirso, a 17ª sessão de formações no âmbito do PPEC Eficiência Energética Solidária, a cargo da AREAC. O objetivo destas ações é sensibilizar os funcionários e dirigentes das IPSS quanto às temáticas da energia e eficiência energética; entrega dos poster's de participação e prémio da 2ª fase - equipamento efergy para monotorização de energia elétrica. A partir de 1 de março de 2018, caberá às IPSS o desenvolvimento de um plano de racionalização de energia para as suas instituições, de forma a concorrerem ao prémio final de 5.000,00 Euros/cada atribuído às 3 melhores IPSS concorrentes.

Rumo a um futuro sustentável,

Está aberto um novo Aviso no Fundo Ambiental na área da Adaptação às Alterações Climáticas.

Constituem beneficiários elegíveis às ações enquadradas nos objetivos e tipologias do presente Aviso:

- Municípios e associações de municípios;

- Outros parceiros enquadrados em consórcio externo de responsabilidade solidária, liderado por municípios e associações de municípios:

a. Associações e Fundações;

b. Empresas, independentemente da sua forma jurídica;

c. Organizações Não-governamentais.

As taxas máximas de cofinanciamento são as seguintes: 85% (oitenta e cinco por cento) para os beneficiários, incidindo sobre o total das despesas elegíveis, com cofinanciamento limitado a € 200 000,00 (duzentos mil euros) por operação.

As tipologias abrangidas pelo presente Aviso são as seguintes:

- Instalação e gestão de povoamentos florestais com recurso a técnicas que não impliquem mobilização do solo e remoção total do coberto arbustivo, promotoras da proteção e conservação do solo e da água, incluindo ações de recuperação nas áreas ardidas que minimizem a erosão do solo e que evitem a degradação das águas através da promoção da infiltração.

- Concretização de soluções integradas e preferencialmente de base natural de adaptação às alterações climáticas sobre as diferentes componentes do sistema urbano (e.g. espaço público, edificado, etc.).

- Implementação de espaços verdes em zonas urbanas adequados às condições edafo-climáticas e aos impactos das alterações climáticas, designadamente ao nível das práticas de rega e da utilização de espécies vegetais com menores necessidade de água, funcionando também como bacias de retenção.

- Implementação de soluções de regulação da temperatura ambiente em espaços urbanos contrariando o efeito de ilha de calor particularmente durante os eventos de ondas de calor, tais como: desenvolvimento de infraestruturas verdes, incluindo a utilização de materiais naturais como material de construção (e.g. telhados e fachadas verdes), bacias de retenção, zonas de sombreamento e corredores de ventilação.

Para mais informações:

www.fundoambiental.pt

Decorreu na manhã do dia 21 de fevereiro, na IPSS - Associação de Assistência Nossa Senhora das Candeias, em Peso da Régua, a 16ª sessão de formações no âmbito do PPEC Eficiência Energética Solidária, a cargo da AREAC. O objetivo destas ações é sensibilizar os funcionários e dirigentes das IPSS quanto às temáticas da energia e eficiência energética; entrega dos poster's de participação e prémio da 2ª fase - equipamento efergy para monotorização de energia elétrica. A partir de 1 de março de 2018, caberá às IPSS o desenvolvimento de um plano de racionalização de energia para as suas instituições, de forma a concorrerem ao prémio final de 5.000,00 Euros/cada atribuído às 3 melhores IPSS concorrentes.

Rumo a um futuro sustentável,

  geral@areac.pt           Tel/Fax: (+351) 239 542 939            Rua Dr. Rosa Falcão, n.º 133, 3220-216 MIRANDA DO CORVO                

Assine a nossa Newsletter

Nome:
Email: